Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

terça-feira, agosto 21, 2007
Entre o check-out e o check-in
No passado sábado, à beira do Sena, recebo um SMS a dizer que o Petit marcara aos 90 minutos. Suspirei de alívio. Uns quatro minutos depois recebo novo SMS. Fui lê-lo com a convicção de que era o que anunciaria a vitória no fim do jogo. Puro engano. Era o empate. Da indignação à resignação foi o tempo de me lembrar do nome do treinador.
Este foi o estado de espírito com que viajei para Portugal. A resignação de ter que ver um Benfica adiado por um misto de teimosia, incompetência e interesses alheios aos superiores interesses do Glorioso. Na segunda-feira acordo com a notícia pela qual desesperava: um erro chamado Fernando Santos fora demitido por um presidente que, ultimamente, no que à gestão da componente futebolística concerne, tem acumulado erros.
Descontando o péssimo momento do despedimento; descontando a incapacidade de Luís Filipe Vieira em assumir um erro próprio, um que seja; descontando a forma canalha como Luís Filipe Vieira tratou o incompetente do Fernando Santos neste último mês; descontando tudo isto, era o acordar com uma boa notícia.
A confirmação da esperada e desejada contratação de Camacho era a notícia ideal para finalizar o dia.
Assim, tenho a esperança de que hoje seja o recomeço do tempo em que o Benfica deixe de estar adiado. Camacho não é um super treinador que tem o condão de solucionar o que não tem solução. Camacho é mais do que isso: é o garante de que com ele à frente do futebol (e não apenas como treinador) não veremos mais desaguar autocarros de futebolistas que servem as espúrias comissões de empresários e outros vermes afins que gravitam em torno do Benfica. Não veremos uma equipa a ser montada em torno dos interesses particulares de Veigas, Mendes e outros que tais. Não teremos as encomendas dos suspeitos do costume com lugar cativo no onze inicial, não se farão favores a terceiros, teremos os miúdos da formação que efectivamente o justifiquem a ter oportunidades que ultrapassem os ridículos cinco minutos por jogo. Teremos, enfim, um treinador de que nos possamos orgulhar.
Deixo duas ou três notas finais:

É com muita pena que não estarei no próximo sábado a ocupar o meu cativo na Catedral e a saudar o regresso de um homem que me habituei a respeitar: José António Camacho. Não deixa de ser perturbador ver que é o Guimarães a marcar o regresso de Camacho ao Benfica, o mesmo Guimarães que deixou a mais marcante das cicatrizes da História recente do Glorioso… com Camacho no comando.

Espero, com curiosidade, as próximas declarações públicas de Fernando Santos e, com apreensão, as declarações do membro mais velho da família Moura.

Fezada de última hora: voltarei ao país e ao blogue no final do mês. Venho da terra de onde virá um reforço chamado Pedro (Pauleta) e vou para o país de onde virá um outro reforço chamado José (Castro). Será?
 
por Pedro F.Ferreira - 12:51 | link |


7 comentário(s):


Data do comentário: 21/08/2007, 13:35:00, Blogger JNF

Pauleta, pelos vistos, já não vem. E também sinceramente não prcebo para quê mais um avançado

 

Data do comentário: 21/08/2007, 14:13:00, Blogger Remate cruzado

o dabao parece que vai ser emrpestado e o mantorras é so meio jogador. bergessio nao e ponta de lança.

 

Data do comentário: 21/08/2007, 14:24:00, Blogger bomdebola

Ora bem, sobre os prováveis reforços que (ainda) vêm a caminho, a imprensa desportiva de hoje lança duas ou três hipóteses que à partida não merecem a minha aprovação.

Claro que tudo poderá não passar de mera especulação mas não gostei nada de ler o nome de Edcarlos, a 4.ª escolha para o centro da defesa do S. Paulo. Os titulares desta que é de facto a melhor defesa do Brasil são o Alex Silva e o Miranda (que estão agora na selecção brasileira), sendo o Breno, de 17 anos, com uma estampa atlética impressionante e muito futuro à sua frente, a sua terceira opção.

Não tenho referências do médio Souza, acredito que seja uma opção válida mas os seus 28 anos deixam-me menos entusiasmado. O francês Luccin do A. Madrid é muito caro e está com a mesma idade.

Penso que nesta fase os únicos mercados acessíveis são o brasileiro e o argentino. É por aí que o Benfica deve procurar. No mercado africano há jogadores com um enorme potencial mas está ainda pouco divulgado.

MFQ

 

Data do comentário: 21/08/2007, 15:44:00, Blogger bomdebola

Oportuna e perspicaz a apreciação do “Remate cruzado”. É evidente que necessitamos de mais um avançado. Os três jogadores referenciados não perfazem um, do nível do Cardozo. Assim, por agora temos apenas o paraguaio, o Nuno Gomes e o Di Maria cujo rendimento desconhecemos. É pouco, muito pouco. Aliás, necessitamos de reforços em todos os sectores.

MFQ

 

Data do comentário: 21/08/2007, 16:10:00, Blogger el niño rosso

E o Dabao vai ser emprestado? Porque carga de água? Ele quer é oportunidades. Se lhas derem creio que irá corresponder. É uma fezada.

 

Data do comentário: 21/08/2007, 16:12:00, Blogger el niño rosso

É uma fezada minha. Era o que queria dizer.

 

Data do comentário: 21/08/2007, 17:40:00, Anonymous Anónimo

Pedro, já estava a estranhar a sua ausencia deste blog e está justificada :)
quanto ao camacho, axo q está demasiado optimoista. Ele não é nenhum salvador e tb errou mtas vezes quando treinou o benfica a 1ª vez. abraço e continuação de boas férias, eu lá estarei no sábado na Luz a torcer pelo Benfica.
JW