Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

segunda-feira, agosto 20, 2007
Fim
Com cerca de 10968 horas de atraso, parece que finalmente a decisão certa foi tomada. Julgo que desde o dia 20 de Maio de 2006 que a grande maioria dos benfiquistas estava à espera que isto acontecesse. O Nandinho foi um erro (enorme) de casting que nunca deveria ter acontecido. Um homem cuja contestação começa no dia em que é anunciada a sua contratação é, claramente, a pessoa errada no lugar errado. Pena foi que, mesmo depois de uma época penosa como a do ano passado, não se tivesse imediatamente reconhecido esse erro, e tomado logo as medidas apropriadas, permitindo assim que o novo treinador tivesse tempo para preparar a nova época. Mas mais vale tarde que nunca.

Conforme já disse noutras ocasiões, mesmo as situações anómalas que ocorreram no início desta época - concretamente, as saídas do Simão e do Manuel Fernandes - e a perda de alguns jogadores influentes - Miccoli e Karagounis - para mim não servem de grandes atenuantes ao Nandinho. Porque a época passada, mesmo com estes jogadores, a equipa jogava exactamente da mesma maneira. Ou seja, mal e sem chama. O Karagounis foi até um jogador que, por vontade do Nandinho, nem teria ficado cá já a época passada. E o Micle foi apelidado de gordo pelo mesmo Nandinho, e esteve a um pequeno passo de sair em Dezembro por causa disso.

O nome mais falado para ocupar o cargo é obviamente Camacho. Nada tenho contra. Não vejo o Camacho como uma espécie de D.Sebastião, nem acho que a partir do momento em que ele entre o Benfica vá desatar a ganhar jogos em catadupa. O Camacho não faz milagres e tem as suas limitações como treinador. Vi o Benfica fazer alguns dos jogos mais horríveis de que me recordo com o Camacho no banco (alguém se recorda da derrota em casa com o Beira Mar, na estreia oficial da nova Luz?). Mas o mais importante que eu espero ver regressar com o Camacho é a esperança. Porque pelo menos quando ele cá estava, eu tinha sempre esperança que do banco viesse um safanão à equipa, algo que pudesse alterar o rumo das coisas quando elas estavam a correr mal, nem que fosse um daqueles berros que se ouviam lá em cima no Terceiro Anel. Hoje em dia, o que eu sinto, e sei que este sentimento é partilhado por muitos dos benfiquistas, é uma espécie de conformismo. É quando sofremos um golo pensarmos logo 'Pronto, já perdemos...', porque temos a consciência que a equipa é incapaz de reagir a uma adversidade. É vermos o Benfica atacar e, quase com uma certa indiferença, não acreditarmos que é possível marcar um golo. E quando de facto o marcamos, às vezes até fico surpreendido. Aliás, o próprio jogo com o Leixões é um exemplo desta mentalidade desgraçada que o Nandinho arrastou para o Benfica. Porque eu sei que para muitos benfiquistas, mesmo depois de termos marcado o golo aos noventa minutos, mesmo assim não ficou convencida que o jogo estava ganho. Em quase todos nós instalou-se a dúvida, por mais pequena que fosse, que ainda seria possível não ganharmos. E se os adeptos sentiram isso, alguém me garante que os jogadores não sentiram o mesmo?

P.S.- Nwoko, rapaz, desculpa lá os nomes todos que te chamei no Sábado à noite. Apesar da chatice do empate, obrigadinho pelo favor prestado, pá!
 
por D'Arcy - 13:11 | link |


10 comentário(s):


Data do comentário: 20/08/2007, 13:43:00, Anonymous Americano

Fico muito feliz com a vinda de Camacho, até porque é um 2 em 1, treinador forte que pode dar o corpo às balas, e cobrir a ausência dum director desportivo. Mas continuo a achar que há outros problemas graves, espero é que sejam ultrapassados e o clube volte à glória que merece!

 

Data do comentário: 20/08/2007, 13:46:00, Anonymous nandao

Não acho que a vinda de Camacho seja a solução do problema, de falta de estrutura do Benfica.
Primeiro o presidente tem de começar a ficar caladinho, já cheira mal tanta ver e ouvir a pregar sempre o mesmo assunto da perseguição... ele que resolva os problemas do Benfica a nível financeiro e governe da melhor maneira, pois é nisso que ele é bom.

Uma pessoa para a comunicação do Benfica, é urgente uma pessoa neste sector, para este falar sobre o Benfica, porque depois vem o presidente diz uma coisa, vem o vice diz outra, não pode ser.
O homem da comunicação social tem de estar em consonância com o que a SAD diz, para não haver destabilização.

Homem forte para o futebol é urgente, não venham falar do tal espanhol, porque esse não é a pessoa certa, apostem no Rui Águas este ano e, então para o ano caso Rui Costa "arrume" as botas ele assuma esse lugar sózinho ou até eventualmente em conjunto com o Águas.

É necessário uma rápida intervenção na estrutura do Benfica, o Veiga podia não ser a pessoa mais indicada, mas que ele foi profissional e que representou da melhor maneira esse posto, foi, há que reconhecer.

PS: Espero daqui a um ano não estarmos na mesma situação, pois com Camacho nada é certo... tivemos exemplos passados do fica ou não fica.

 

Data do comentário: 20/08/2007, 13:46:00, Anonymous Anónimo

acho ke ja devia ter saido pois nunca teve grande apoio.
mas com a ekipa ke tem nao á milagres saiu o simao ke jogava em kualker lado e fazia pekenos milagres agora nao tem jogadores capazes.

tenho pena ke tivesse de ser assim gostava de ver fs campeao é um bom homem nao se arma em jesualdo(filho da puta)a ekipa chegou a jogar muito bem epoca passada mas irregular no fundo o ke me faz mais pena é ke o santos era akilo ke todos sonhamos ajudar o nosso benfica o santos kuase atingiu o sonho mas nao conseguiu o ke é uma pena ele como nos de certeza ke sente o benfica.

norte vermelho

 

Data do comentário: 20/08/2007, 13:49:00, Blogger dezazucr

quem tb fica muito mal na fotografia é LFV que deixou arrastar essa paz podre durante tanto tempo. Se o homem ao que tudo indica até já tinha tudo acertado com o Camacho, para quê prolongar o sofrimento?

E se o Benfica tem ganho ao Leixões e depois perde em Guimarães? Despedia-se o treinador em vésperas de um encontro tão importante como a 2ª mão da pré, onde diga-se em abono da verdade, vamos com um resultado nada confortável?

Muito mau planeamento.

De qualquer forma Camacho tranquiliza-me pelo facto de impôr outro espírito nos jogadores. Para além de poder fazer o papel de manager tipo o Fergursson no Manchester e apostar em jovens da cantera.

 

Data do comentário: 20/08/2007, 13:52:00, Anonymous Anónimo

mas escusam de fazer muita festa ke a coisa nao vai melhorar muito e deviam de ter vergonha de dizer certas merdas com ar de gozo satisfaçao porke o fs é benfikista tal como nos e sempre o disse e eu admiro o homem sempre correcto talvez de mais.
apesar de tambem achar ke ele tem de ir embora ja ke nao pode ir o presidente nem meia duzia de jogadores alguns dos ke vieram esta epoca

norte vermelho

 

Data do comentário: 20/08/2007, 14:02:00, Anonymous Americano

E o timing não sendo o ideal, não é mau por 3 razões:
- aproxima-se 3 jogos de dificuldade razoável, mas podia ser pior, acredito que com o Camacho ultrapassaremos o Guimarães em casa e o Copenhaga e Nacional fora, depois vem a paragem das selecções o que permite recuperar todos os lesionados (excepto Moreira) e dá tempo a Camacho para regressar com a equipa já com algumas rotinas e para a 1ª jornada da Champions (esperemos)
- permite imaginar uma excelente e vibrante casa para Sábado, de total apoio e união, que recriará um pequeno inferno vermelho e levará os jogadores à vitória
- apesar dos minutos fracos que vimos, como americano e benfiquista tenho um duplo interesse em que Adu se torne um dos melhores do mundo, e felizmente vai ter um treinador que puxará por ele para atingir esse patamar

Posso dizer que excepto a alegria com a contratação do Adu, este é o 1º dia feliz (futebolisticamente falando) que tenho desde a saída do Simão!

 

Data do comentário: 20/08/2007, 14:19:00, Blogger þOL1T!C@M€NT£ [in]CO®r3CTO™

Só me occoriam dois nomes: Rui Faria e Deschamps...


E tenho sérias dúvidas que Camacho seja a melhor escolha! E se não funcionar, vão finalmente responsabilizar o verdadeiro culpado...?


Mas para que a chegada do espanhol seja o menos mau possível que tenha pelo menos a perspicácia de ir buscar de novo o Álvaro, é que o Chalana é muito boa pessoa mas não tem perfil nem o carisma do primeiro...

 

Data do comentário: 20/08/2007, 16:21:00, Anonymous massinha45

Parece que andamos a brincar as equipas de futebol do INATEL em que nao tinhamos organização nenhuma tal é o ponto em que chegou este Benfica.
Então o presidente precisa duma pre-epoca e duma jornada para constatar o que todos nos ja haviamos constatado? A um dia de um jogo tão importante para a Liga dos Campeões resolve vender um jogador que iria actuar neste mesmo jogo? Depois vai ele proprio as compras buscar jogadores de valor duvidoso para no final da epoca os dispensarmos como fizemos com Manducas Marcos Ferreiras Mauretos e Companhia Lda? E podia inumerar um sem numero de razoes para neste momento estarmos a pedir a cabeça de LFV juntamente com a do Fernando Santos. Espero que com a chegada de Camacho alguma coisa mude principalmente que faça calar LFV que ja parece um papagaio com o Apito Dourado e a melhor equipa dos ultimos 10 anos e que seja ele Camacho a escolher jogadores.
P.S Fernando Santos pode nao perceber nada de futebol mas deve ser como homem uma pessoa muito especial porque depois daquela que lhe fizeram do Manuel Fernandes devia ter apresentado logo a demissão. Em vez disso e empurrado por uma porta pequenina ele que e um grande Benfiquista.

 

Data do comentário: 20/08/2007, 16:40:00, Anonymous Rui Gomes

só peço uma coisa: corrijam o texto, porque esse jogo de que falam, em que o benfica perdeu (0-2) em casa com o beira mar na CATEDRAL, o treinador não era JACamacho, mas sim o velho Trap... como ajuda pra vocês se recordarem que estou certo, lembrem-se q no final da partida Luisão na conferência de imprensa deu um murro na mesa e disse q no final é q se faziam as contas.... bienvenido J.A. Camacho.

 

Data do comentário: 20/08/2007, 17:12:00, Blogger D'Arcy

Errado. O jogo de estreia oficial na Catedral foi com o Camacho ao leme, e perdemos 2-1. O nosso golo foi marcado pelo Simão, e depois o Beira Mar deu a volta. No ano seguinte, com o Trap, voltámos a perder, desta vez por 2-0.