Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

sábado, agosto 04, 2007
Desabafos e perguntas.
O nosso Benfica ontem não ganhou. Foi o terceiro jogo seguido sem ganhar nesta pré-época. Foi o terceiro jogo da pré-época. Este ano estamos bem melhor do que no ano passado, já não são três batatas por jogo. Aqui há, sem dúvida, mérito daquele que é, por enquanto, treinador.
Lesionados já são sete. É sempre reconfortante saber que a sorte/azar serve para justificar os fantásticos desempenhos físicos que a equipa vem tendo desde que contratou aquele o ex preparador físico do Beira-Mar(?).
Perante aquela apagada e vil tristeza que tem sido o futebol do nosso Benfica desde que por cá arribou aquela espécie de treinador, os resultados dos próximos quinze dias serão fundamentais para definir o futuro. Ou se prescreve um paliativo que atenua a dor, ou se resolve o problema.
_____
Desde a saída de Veiga, em Dezembro, o Benfica não tem um director-geral para o futebol. Vieira, por razões óbvias, não tem a disponibilidade para desempenhar o cargo. Um Clube como o nosso Benfica não se compadece com uma situação destas. Assim, a pergunta impõe-se: quem será o próximo director-geral do futebol do Benfica?
Não sei, mas gostaria que fosse o Humberto Coelho.

Desde a saída de Koeman, o Benfica não tem treinador. Santos, por razões óbvias, não tem capacidades para desempenhar o cargo.
Assim, a pergunta impõe-se: quem será o próximo treinador do Benfica?
Não sei, mas sei que o Jorge Mendes sabe.
 
por Pedro F.Ferreira - 12:20 | link |


16 comentário(s):


Data do comentário: 04/08/2007, 12:47:00, Blogger karadas

Jogo após jogo, o Benfica vem demonstrando que não tem estaleca para atacar os objectivos a que se propôs para esta nova época. Contrariando a opinião quase generalizada entre os adeptos encarnados, a verdade é que esta equipa é bastante modesta, saltando à vista a falta de jogadores de qualidade para determinados lugares, por sinal os mais importantes, que são um nº10 e um ponta-de-lança. Torna-se imperioso o preenchimento destes lugares com dois jogadores de reconhecida capacidade futebolística e com experiência no futebol europeu e não apostas no escuro como tem sido a prática corrente. Não podemos pensar em abordar uma época com apenas um organizador de jogo, Rui Costa, e com dois pontas de lança, Cardozo e Nuno Gomes, ainda por cima, quando este último padece de uma lesão que, muito provavelmente, o vai forçar a uma paragem bastante prolongada. É impensável uma situação destas. Isto é tão evidente que não se percebe como os nossos dirigentes não conseguem fazer essa leitura. Tanto assim é que, aparentemente, o plantel já está fechado.
Ora se isto é verdade, então pouco se pode esperar do Benfica para a nova temporada. Com uma política de contratações que, mais uma vez, se revela um desastre não há treinador que consiga construir uma equipa que jogue um futebol capaz de enfrentar os desafios que tem pela frente. Em especial quando um dos objectivos é querer ganhar a Liga nacional. É que para se conquistar uma Liga é preciso um plantel com qualidade. E isso é coisa que presentemente não temos.
Mesmo um leigo na matéria consegue apreender que quando se aposta na quantidade em detrimento da qualidade o desfecho não pode ser outro que não seja o fracasso. Em vez de quatro ou cinco jogadores resolveu-se apostar em doze ou treze jogadores (contrariando o que até há pouco LFV defendia) dos quais, até ver, só um é que tem valor para envergar a camisola encarnada (Cardozo). Pior gestão desportiva do que esta é difícil. Isto é claramente atirar dinheiro à rua sem qualquer possibilidade de sucesso desportivo e de retorno financeiro.
Lamentavelmente, os simpatizantes benfiquistas, em vez de pedirem responsabilidades à direcção do clube, vão pelo caminho mais fácil que é pedir a cabeça do treinador. Tem sido sempre assim ao longo da história do Benfica com os resultados que todos nós bem conhecemos: uma sucessão de épocas desastrosas sem que as pessoas consigam entender que não é mudando de treinadores a todo o instante que os resultados vão aparecer. E isto independentemente da qualidade do treinador. Porque é bom não esquecer que pelo clube têm passado treinadores com excelente currículo e, invariavelmente, o desfecho é sempre negativo (exceptuando Trapattoni que, curiosamente, até não deixou saudades entre os adeptos que só ficaram felizes quando o viram pelas costas!).
Resumindo: o principal erro do Benfica não tem estado na escolha dos treinadores mas sim na política desportiva que tem sido ineficaz e um completo desastre. Pensem nisto. E digam lá se não tenho razão.

P.S. E lá somámos mais uma lesão muscular!

almabenfiquista.blogspot.com

 

Data do comentário: 04/08/2007, 12:52:00, Anonymous Kurt

este karadas é já um velho conhecido dos blogues. tem tanto de benfiquismo como eu de lagartismo.

e pasa a vida a fazer destas. copia para os outros blogues as porcarias que escreve no dele.

para quem escreve aqui na tertulia, tenham cuidado com este réptil

 

Data do comentário: 04/08/2007, 13:25:00, Anonymous Anónimo

pois é amigos benfiquistas, eu penso que neste jogo com o betis já se registou algumas melhorias, poucas é um facto, mas também deu para constatar que o futuro não é risonho. vamos por partes: claramente no onze inicial excluindo o rui costa não temos ninguem que jogue um futebol vertical, pra frente em progressão e uma lentidão excessiva na transição que permite,a qualquer que seja o adversário recolocar-se; temos laterais que não conseguem cruzar uma bola em condições: já levo uns anos de futebol e sem ter sido lateral só existem dois tipos de cruzamento com sucesso, ou uma bola tensa, ou uma com conta peso e medida para o homem de area. pudemos ver tambem pra mim o verdadeiro katso no lugar em que ele é mais forte e eficaz, pena é que são dois galos pra um poleiro.quanto á frente de ataque continuo a crer que o bergessio não mostrou nada e continuamos com uma lacuna no lado direito atacante. mas tambem existem coisas boas como o excelente david luiz que fez um jogo portentoso e que nesta forma lhe antevejo um grande futuro; o fabio coentrão que bem trabalhado pode-se assumir como titular indescutivel desta equipa. em relação aos outros vamos dar tempo ao tempo que é uma coisa que não nos podemos dar ao luxo de desperdiçar. saudações benfiquistas

 

Data do comentário: 04/08/2007, 13:35:00, Anonymous Suwayd

Oh Pedro, o Jorge Mendes sabe? Quer-me parecer a mim que tens mais algumas informações que nos queres dar...

 

Data do comentário: 04/08/2007, 13:47:00, Blogger dyktus

Quanto ao lugar de Director desportivo concordo plenamente. Esta situação não é possível, o presidente não tem claramente disponibilidade que esse lugar exige. Quanto ao lugar de treinador, apesar de nunca ter sido grande fã do Fernando Santos, acho que se deve manter no lugar até fim do ano, e só ai se realizar uma avaliação da sua prestação. Pois mesmo que corra mal, tem de se começar a criar o habito de os treinadores dependerem menos de resultados, de modo a poderem empreender um bom projecto. Mais ao estilo inglês (ex:Liverpool). Por isso continuo a apoiar a actual treinador até ao fim, e só admito que saia antes do fim do contrato em casos muito extremos. Estabilidade mais uma equipa razoavelmente equilibrada (k já temos) é que nos iram devolver ao lugar que todos desejamos, Campeões!!

 

Data do comentário: 04/08/2007, 13:58:00, Blogger Pedro F.F.

Suwayd, não sei coisa nenhuma... sei apenas o que todos sabem: o Jorge Mendes é uma figura cada vez com mais influência na constituição do plantel. E quem escolhe (ou ajuda a escolher) jogadores, também tem os seus treinadores preferidos.
Abraço.

 

Data do comentário: 04/08/2007, 14:40:00, Anonymous Anónimo

Qual o papel de Fernando Santos quando se assiste a contratações a granel? Será que ele não tem coragem para impôr o seu ponto de vista perante o LFV?
Um treinador que não tem capacidade para contrapor o presidente também não tem capacidade, falta de liderança, para orientar um balnear. Será que estas contratações exageradas seriam possíveis na altura de Camacho. Creio que não.

 

Data do comentário: 04/08/2007, 15:44:00, Blogger þOL1T!C@M€NT£ [in]CO®r3CTO™

"Será que estas contratações exageradas seriam possíveis na altura de Camacho. Creio que não."


O Camacho era tão bom, mas tão bom que até nos 'ofereceu' o Paulo Almeida!

Deixem-se de estórias o Camacho é o Toni de Espanha...

 

Data do comentário: 04/08/2007, 16:19:00, Anonymous Mister D

Director Desportivo da próxima época?
Rui Costa!

Treinador da próxima época?
Scolari!

Veremos se não teremos razão...

http://ndrangheta.blogspot.com

 

Data do comentário: 04/08/2007, 16:35:00, Blogger Anátema Device

mister d, ainda ontem estive ao telefone com um outro escriba do blogue (o D'Arcy) que aposta o mesmo relativamente ao Scolari. A ver vamos.
Abraço.

 

Data do comentário: 04/08/2007, 17:50:00, Blogger dezazucr

triste triste é ver que jogo após jogo o Benfica insiste em fazer jogos insípios, sem sal, sem sequer oportunidades de golo que produzam um simples bruaá, quanto mais golos. Tirando est jogo em que dada a fraca qualidade do oponente, não sofremos nenhum golo, começamos sempre no prejuízo e fazer face a isso tem sido difícil. O Benfica está bem mais fraco que o ano passado. Em vez de Simão, Miccoli e Karagounis, temos Di Maria, Cardozo e Adu. Podendo até ser bons jogadores, desportivamente não deverão valer de muito ao Benfica. Como jovens, deverão ter uma produção muito intermitente, com um bom jogo hoje e outro só daqui a um mês. Quando realmente tiverem estaleca para o futebol europeu, o mais certo é aparecer um colosso com uma data de euros ou libras e levá-los daqui. Até se pode ganhar dinheiro com isso, mas desportivamente não se ganha muito, a não ser que fiquem cá por muito tempo. Aí sim, posso considerar o investimento bom. Coentrão ainda não mostrou nada que me faça sorrir, tirando a facilidade com que vai ao chão em cenas teatrais. Tenho esperança no Cardozo, mas a verdade é que se a equipa continuar a produzir o jogo atacante que tem produzido, o homem pouco poderá fazer. No meio campo é onde o Benfica parece melhor, com Petit, MFernandes, Nuno Assiz, Rui Costa e Katsouranis, se bem que terá de ser o Katsouranis eficiente da 1ª volta, porque a partir de janeiro o único grego que me lembro de ver no Benfica foi o Karagounis. Espero bem que ele melhore fisicamente. Quanto ao treinador pouco há a dizer. Ninguém, não me lembro de nenhum benfiquista que aquando do anúncio dele tenha querido o homem na Luz, e passado um ano, as evidências são ainda piores, pelo que RUA que já vai tarde, bem tarde. O homem destruiu 5 anos de evolução do clube, não é possível deixá-lo continuar.
Quem queria ver Koeman pelas costas deve estar bem arrependido.

 

Data do comentário: 04/08/2007, 21:56:00, Anonymous Anónimo

"O Camacho era tão bom, mas tão bom que até nos 'ofereceu' o Paulo Almeida!"
É verdade que ele, Camacho, deixou o Paulo Almeida que nunca chegou a treinar e quantos Paulos Almeidas surgiram depois de ele ter saído. Uma uma equipa com um líder fraco não vai a lado nenhum. Tal acontece nas empresas!!!

 

Data do comentário: 05/08/2007, 01:39:00, Blogger André Garcia

"Director Desportivo da próxima época?
Rui Costa!

Treinador da próxima época?
Scolari!"


Apoiado!

 

Data do comentário: 05/08/2007, 23:14:00, Blogger P

Ideia inquietante:

Fernando Santos acaba por sair, vergado aos maus resultados, e quem é que LFV vai buscar: José Couceiro.
Medo!

 

Data do comentário: 06/08/2007, 00:58:00, Blogger Pedro F.F.

P, o LFV tem um grande instinto de sobrevivência . Como tal, jamais traria esse espécime para o nosso Clube. Quando o "Correio da Manhã" avança com esse nome, o objectivo é queimar essa possibilidade.

 

Data do comentário: 12/08/2007, 21:54:00, Blogger JNF

Só uma correcção Pedro, o Benfica não tem treinador desde Trapattoni... ah! e o Humberto Coelho a director do futebol? Nem por sombras. Ele é boa pessoa, grande benfiquista, mas acho que devemos deixar esse cargo para alguém com mais "poder", alguém com um maior "know how" nos negócios. Já pensaste que para esse cargo o Humberto tinha de contratar jogadores? Acho que ele não era a pessoa mais indicada.