Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

quarta-feira, abril 18, 2007
Alguém viu por aí o ponto um do Código Deontológico? *


O D’Arcy é que tem razão: a única forma de aguentar a penúria de um fim anunciado é começar a preparar o recomeço. Os jornalistas desportivos sabem-no. Sabem que o que lhes garante a subsistência são as vendas. Sabem que o mar em que mais pescam é o mar benfiquista. Para o melhor e para o pior. Os jornalistas sabem que, hipotecadas precocemente as hipóteses de sucesso, o que vende é a especulação da antecipação da próxima época.

Hoje atacaram em força. Hoje, aqueles que eliminaram o Pinhalnovense no campo do Barreirense jogam contra os de Aveiro, mas as parangonas dos jornais não trazem nada disso. Trazem a especulação. Antecipam saídas e chegadas. Começou cedo o exercício de que mais gosta a maralha dos jornais: à investigação preferem a especulação.

Todos dizem que o Santos vai sair. Um diz que o Katsouranis vai sair. Alguns já dizem que virá o Eriksson ou o Camacho (link). Daqui a uns tempos lançarão o pânico e dirão Peseiro, Paulo Sousa ou Santos. Depois voltarão ao que é internacional e dirão Le Guen, Gerets e palermices afins. Voltarão a Eriksson e Camacho quando nenhum dos outros já vender. Serão três meses de escarros no código deontológico.

Eles sabem bem o que nós, benfiquistas, queremos ler. Eles sabem bem lançar o isco. Eles sabem bem que nada daquilo é realidade. Eles sabem bem que, se não lhes comprarmos a ilusão (a mentira) publicada, a realidade deles é a falência declarada.

* 1.O jornalista deve relatar os factos com rigor e exactidão e interpretá-los com honestidade. Os factos devem ser comprovados, ouvindo as partes com interesses atendíveis no caso. A distinção entre notícia e opinião deve ficar bem clara aos olhos do público. (link)

 
por Pedro F.Ferreira - 12:36 | link |


20 comentário(s):


Data do comentário: 18/04/2007, 14:17:00, Anonymous Americano

Mais um grande post! É que depois do apito dourado, devia haver uma "caneta dourada", ou algo do género, porque a máfia opera e muito através dos media, e há muitos jornalistas que deviam ficar sem carteira profissional neste país...mas aqui não, mente-se e manipula-se tudo o que se quer, impunemente.

 

Data do comentário: 18/04/2007, 14:50:00, Blogger HERMIONE

É por estas e por outras que hoje em dia muito raramente compro jornais desportivos.
Jornalismo de investigação no desporto é zero.No Apito Dourado temos três jornais e todos a assobiar para ao lado á espera que passe a tempestade.
O mesmo problema na tv ou nas rádios o que interessa é especular é inventar crises e fazer sangue, para a audiência.
Obviamente o Benfica não está bem e muita água vai correr debaixo da ponte mas até Agosto vamos ter muito disto, a sina de sermos os maiores :)

 

Data do comentário: 18/04/2007, 15:26:00, Blogger Artur Hermenegildo

Os jornais desportivos em Portugal estão transformados em "folhas de escândalos", à imagem dos tablóides ingleses. Publicam-se opiniões e especulações como se fossem notícias, até se publicam "não notícias" (tipo "fulano afinal já não vem"). E, claro, publicam sobretudo sobre o Benfica, porque isso vende mais jornais.

Não sei se já repararam, ou se concordam comigo, mas as águas do nosso futebol passaram a andar muito mais agitadas desde que os três jornais desportivos passaram a diários, criando uma muito maior pressão para vender papel, e consequente necessidade de inventar o que fosse necessário para o fazer. Para além, claro, das televisões privadas.

Mesmo o PC do FCP nunca teria tido a projecção que teve, e obtidoos consequentes resultados, se não fosse a cobertura mediática que lhe foi dada.

Gostava de conhecer as vossas opiniões sobre este tema.

 

Data do comentário: 18/04/2007, 16:44:00, Blogger S.L.B.

Eu já digo há algum tempo que o "sistema" que EXISTE em Portugal é CULPA dos jornais desportivos. O (não) tratamento do Apito Dourado é um CLARO sinal disso. Tinham OBRIGAÇÃO de defender o futebol denunciando os casos de corrupção que existe, mas preferem assobiar para o lado.

O facto de passarem a diários aumentou (e de que maneira!) a especulação, especialmente por alturas do defeso. E o Benfica é obviamente a galinha dos vosos de ouro. Quanto à projecção que o presidente do clube regional teve vem por acréscimo desta necessidade de encher papel. Infelizmente, as inúmeras trafulhices que cometeu, porque o "sistema" controla os jornais, não foram devidamente noticiadas.

 

Data do comentário: 18/04/2007, 18:07:00, Blogger Comissão dos 50 anos

Mas alguma vez aquilo que os jornais ditos desportivos publicaram, depois de passarem a diários, foi verdadeiramente jornalismo?

 

Data do comentário: 18/04/2007, 19:35:00, Anonymous red rocket

Hoje parecia uma capa de pré-temporada!!! Li o jornal num café, não dou dinheiro a "profissionais" daqueles, com total desinteresse em relação ao futuro que eles vão imaginando... foi uma edição cirúrgica, pra vender o mais possível entre benfiquistas mais crédulos... aguardam-se cenas (chocantes... lol) dos próximos capítulos!!

 

Data do comentário: 18/04/2007, 21:33:00, Anonymous Matador

Eu não compro jornais desportivos!
Não alimento parasitas desonestos!

 

Data do comentário: 18/04/2007, 21:44:00, Blogger Ry

Bom post! Mas atenção, porque a Bola trazia hoje uma interessante análise sobre gestão do plantel...

 

Data do comentário: 18/04/2007, 21:48:00, Blogger Superman Torras

A julgar pelo meu exemplo e pelos comentários a este post, não esquecendo o post em si, felizmente nem tudo está perdido e parece que a maior parte de nós já sabe de antemão com o que (não) pode contar, e portanto lemos todos estas primeiras páginas (e o respectivo interior nos casos em que, como eu, tivemos a oportunidade de, entre um café e 2 dedos de conversa, ler na diagonal a edição do jornal que o estabelecimento em causa possuía) com aquela expressão na cara que não engana e que pode ser traduzida por 7 breves palavras:

"Sim, sim pá, já me tinhas dito"

Aliás, eu propunha-vos um exercício muito simples que passaria pelo seguinte: efectuarem um pequeno texto sobre o Benfica da época que vem e depois enchê-lo de lugares comuns de modo a ocupar 8 páginas de um jornal e sempre com a preocupação de dar um tom esperançoso à coisa. Acreditem que sairia qualquer coisa de muito parecida com o que eu hoje li no Ricord...

 

Data do comentário: 19/04/2007, 00:13:00, Anonymous Johnny Rook

Nunca comprei, li ou olhei sequer para o jogo; nunca mais comprei o Ricord desde o Inter 4 - Benfica 3; há 1 ano e meio que não compro a Bola. Acabei de desistir da Sport TV. ESTOU FELIZ e LIMPO.

 

Data do comentário: 19/04/2007, 00:23:00, Anonymous Benfica sempre

Eles sabem que o sonho, o nosso sonho, lhes dá boa vida.
O que não sabem é o que lhes vai acontecer se nós acordarmos...

 

Data do comentário: 19/04/2007, 09:12:00, Anonymous porco

S.L.B.:

"O (não) tratamento do Apito Dourado é um CLARO sinal disso."

Concordo claramente com esta frase. Basta ver o papel fundamental que a gazzeta dello sport tev em itália com o calcio caos. A diferença cá está em quem controla os jornais... Mas no fundo até mete nojo ver que não mexem uma palha...

 

Data do comentário: 19/04/2007, 10:16:00, Blogger tma

sublinho duas ideias essenciais:
- o decréscimo de qualidade com a passagem de trissemanários a diários. O "enchimento de chouriços" passou a ser a principal preocupação, em detrimento da informação e análise sérias;
- a conivência com o "sistema", pois para "proteger o negócio", preferem o silêncio à denúncia, mas quanto a mim estão, desta forma, a contribuir para que ele morra lentamente (é um pouco a história da "galinha dos ovos de ouro"...).

 

Data do comentário: 19/04/2007, 12:22:00, Blogger antitripa

LOL. Mas meu caro esse ponto número 1 nunca existiu...nos desportivos então é que não mesmo! Boicotem os jornais. Eu boicoto e demovo ao boicote. Em crise pode ser que os jornaleiros padeçam e que tenham de ir para uma fila do centro de emprego e lá....horas e horas ao sol (juro que não é ironia lá do jornal do belmiro), se lembrem do código deontológico que não cumpriram por imposição, daqueles mesmos que lhes fizeram estar ali....ao "sol"...até pode ser que depois escrevam livros ou ajudem a escrever.

 

Data do comentário: 19/04/2007, 12:41:00, Blogger Ry

Nunca comprei, li ou olhei sequer para o jogo; nunca mais comprei o Ricord desde o Inter 4 - Benfica 3;

Já agora e por curiosidade, porquê? :)

Que anormalidade é que eles escreveram sobre esse jogo?

 

Data do comentário: 19/04/2007, 16:05:00, Anonymous Johnny Rook

Ry,

Porque o fdp do jornalista desse 24h do desporto foi o único que disse que o Toldo não fez penalty, nem devia ter sido expulso no célebre lance da agressão ao NG.

Não só disse isso como insultou os benfiquistas sobre as reacções logo após o jogo.
Foi de tal maneira o movimento de benfiquistas contra o Record que nos números seguintes fartaram-se de se desculparem e era só parangonas a dizer bem do SLB.

Eu já andava farto e aquilo foi a gota de água. E digo mais tenho feito campanha sempre que posso e é oportuno contra esses gajos e já consegui que alguns o deixassem de comprar.

 

Data do comentário: 19/04/2007, 19:18:00, Blogger Sir

Já não compro um jornal desde que o Rui Costa foi apresentado. E, antes disso, só quando o Benfica defrontou o Barça nos quartos da champions.

Estou a considerar seriamente enveredar pelo curso de jornalismo e estas merdas - bem como a máfia que anti-liberdade de imprensa - tiram-me do sério.

 

Data do comentário: 20/04/2007, 14:31:00, Blogger Artur Hermenegildo

Para variar, hoje saiu um comentário que me parece sério e bem feito no "Público", de um Bruno Prata que é das melhores coisas que há no jornalismo desportivo actual - e que obviamente não está num jornal desportivo.

Claro que ele também cai no erro de defender os seus colegas que publicaram aquelas "não notícias" mas isso infelizmente é o espírito estupidamente corporativo que temos em Portugal, seja entre jornalistas, médicos, advogados, polícias, etc.

Mas fora isso a análise é interessante e o homem parece sério.

 

Data do comentário: 20/04/2007, 17:09:00, Anonymous O Martins

Caros consócios, façam como eu.

Deixei de gastar dinheiro em lixo já há muito tempo.

Saudações benfiquistas, e que o restelo vá ganhar ao picadeiro do porto, e os figueirenses venha limpar o alvalixo.

 

Data do comentário: 20/04/2007, 20:18:00, Blogger Pedro F.F.

Artur Hermenegildo, fui ler o referido texto do "Público" que aconselhou e, efectivamente, tem razão no que diz neste seu comentário. De tal forma, que achei por bem divulgá-lo aqui no blogue.
Um abraço e obrigado.