Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

quarta-feira, agosto 29, 2007
Atitude
Missão cumprida. Com alguma sorte à mistura (também faz falta), uma boa atitude, e um lance perfeito de laboratório conseguimos o que se exigia: o apuramento para a fase de grupos da Champions. Como bónus, até conseguimos passar a eliminatória com duas vitórias, que sempre contribuem com dois pontos para o ranking de Portugal na UEFA, a que se somam mais três pela qualificação - dada a nossa situação actual, este ano qualquer pontinho é importante. Não foi uma boa exibição do Benfica, mas foi uma exibição esforçada, e suficiente para cumprir os objectivos.

O Luisão não mostrou estar recuperado para este jogo, e mais uma vez o Camacho apostou no júnior Miguel Vítor. E convém frisar que ele é mesmo júnior de segundo ano, ainda pode participar no Campeonato Nacional da categoria, tal como o Romeu Ribeiro. No meio campo duas alterações em relação ao jogo com o Guimarães, com as saídas do Nuno Assis e do Coentrão para a estreia do Di María e a entrada do Luís Filipe. Num cenário como o de hoje, obviamente que o período que mais se teme é o primeiro quarto-de-hora, pois certamente que a equipa da casa irá tentar entrar em força para anular rapidamente a desvantagem. Sem surpresas, foi isso mesmo que aconteceu, e o Benfica viu-se empurrado para a sua área durante este período. O mau estado do terreno também não permitia grandes habilidades, por isso o futebol jogado era, e continuou a sê-lo durante todo o jogo, feio. Após resistirmos este primeiro quarto-de-hora, logo a seguir conseguimos o que o Camacho exigia, ou seja, marcar um golo. Foi um lance de laboratório perfeito, com a bola a passar pelo Rui Costa, Cardozo, Nuno Gomes e Katsouranis, e a acabar dentro da baliza com os dinamarqueses a ver jogar.

O Copenhaga sentiu o golo, e nos minutos que se seguiram pudemos respirar um pouco. Mas foi sol de pouca dura, porque os dinamarqueses voltaram a acordar após um lance em que o árbitro poderia ter assinalado um penalti contra nós. Logo a seguir, a sorte bafejou-nos quando na sequência de um livre a bola foi embater no poste - nesta fase o jogo começava a fazer-me lembrar um outro também disputado com o Camacho como treinador, contra o Rosenborg. Os dinamarqueses optavam por um futebol o mais directo possível, fazendo a bola chegar à nossa área rapidamente, e nós íamos resistindo. Mas ao contrário dos minutos iniciais, já surgiam alguns contra-ataques, sendo que o Di María poderia ter feito melhor em algumas dessas ocasiões, pois os remates sairam-lhe quase sempre enrolados. Mesmo perto do intervalo, felicidade e infelicidade para nós. Felicidade porque em mais uma enorme ocasião para o Copenhaga, o Allbäck completamente à vontade à entrada da pequena área conseguiu cabecear ao lado. Infelicidade porque o Nélson, que na minha opinião estava a fazer um bom jogo, se lesionou.

No segundo tempo entrou o Nuno Assis para o lugar do Nélson, e o Luís Filipe recuou para lateral. Estes segundos quarenta e cinco minutos foram muito pouco parecidos com os primeiros, já que o Copenhaga não conseguiu pressionar tanto como o fizera na primeira parte. Com o Benfica a conseguir mostrar um pouco mais o seu jogo, pelo menos gostei de ver-nos com um jogo mais largo, procurando frequentemente as faixas laterais, o que é uma diferença em relação ao passado recente de afunilamento constante. Conseguimos duas boas oportunidades para matar de vez a eliminatória, mas o Nuno Assis e o Cardozo conseguiram acertar no guarda-redes. Nos vinte minutos finais o Copenhaga voltou a aproximar-se mais da nossa área, mais uma vez recorrendo ao futebol directo, mas a nossa defesa, bem ajudada pelo meio-campo, lá foi dando conta do recado, e a vitória acabou por não fugir.

Como homem do jogo elejo o Katsouranis. Nem tanto pelo golo que marcou, mas sobretudo porque esteve quase imperial na defesa. Não sendo central de raíz, e usando e abusando o Copenhaga do jogo pelo ar, ele foi cortando tudo o que ia aparecendo, e mostrando o excelente sentido posicional que tem. Falar bem do Léo já é praticamente redundante, e do outro lado o Nélson esteve bem na primeira parte, começando a mostrar alguns lampejos do lateral ofensivo que gosta de jogar em antecipação que já foi em tempos. Na segunda parte, e apesar do meu receio, o Luís Filipe aguentou-se bem. O Miguel Vítor, mais uma vez, não comprometeu e chegou e sobrou para as encomendas. Tenho pena que tenhamos comprado o Edcarlos, acho que nestes dois jogos o Miguel Vítor mostrou que merecia o posto de quarto central da equipa. Se não escolhesse o Katsouranis para man of the match, a minha escolha seria o Petit. O auxílio dele à defesa foi inesgotável, e correu quilómetros como sempre. O Rui Costa, sem exuberância, foi o que conhecemos. É um descanso quando a bola lhe chega aos pés, porque sabemos que quase sempre ele vai meter ordem nas coisas. O Nuno Gomes terá feito hoje um jogo como já não lhe via há muitos meses. Inteligente na movimentação e no passe, e muito activo durante todo o jogo. Pareceu transfigurado, e foi dele a assistência para o golo. Quanto ao Cardozo, se quiserem aproveitar para bater mais nele por não ter marcado, força. Eu por mim estou muito contente por termos um avançado com aquelas características, e este jogo mostrou a sua utilidade. Inclusivamente nas ajudas defensivas. Pareceu-me que acabou o jogo completamente esgotado.

Já o comentei com outros benfiquistas há algum tempo: deposito grandes esperanças no Di María. Apesar dele não ter estado brilhante hoje, acabou por deixar-me com ainda mais vontade de o ver plenamente integrado. O jogo não era o mais propício para um jogador como ele, já que o campo parecia um batatal e progredir com a bola dominada era quase impossível. Mas o toque de bola não engana, e acredito que ele ainda nos poderá dar muitas alegrias. Agora até estou chateado porque o próximo jogo na Luz é só daqui a umas três semanas, e eu quero é vê-lo jogar num relvado em condições.

Bem, agora resta-nos esperar pelo sorteio de amanhã, e ver o que nos calha. As minhas preferências têm sempre uma constante: equipas italianas, por favor, não.
 
por D'Arcy - 23:01 | link |


28 comentário(s):


Data do comentário: 29/08/2007, 23:29:00, Anonymous Americano

Só um erro, houve 2 alterações na equipa inicial, entrada de Di Maria e Luis Filipe.
Concordo com a globalidade da crónica, também me lembrei do jogo contra o Rosenborg, acabámos por ter sorte e acho que muitos hoje perceberam que este é um campo difícil, só com estrelinha vencemos.
Nos melhores gostei mais do Petit, até cansou vê-lo jogar. Inacreditável como pressiona atrás e à frente, está em todo lado, e o Romeu vai ser outra "carraça" como ele. O Di Maria tem o toque de bola, e mais objectividade e força que o Coentrão, mas também me pareceu um pouco egoísta, o Cardozo desesperou em alguns lances com ele. O Nuno fez um grande jogo, e acho que vai melhorar cada vez mais com o gigante ao lado, muitos críticos vão engolir o que têm dito dele. Só tenho pena de parecer que o Camacho não conta com o Adu, mas acredito que ele ainda venha a ser útil, principalmente para dar descanso ao Rui.
Agora venha a Champions!

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:33:00, Blogger D'Arcy

Erro corrigido :)

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:35:00, Anonymous Ufa! Esta já passou.

É evidente que tivemos sorte. A sorte que nos fugiu em várias ocasiões (não confundir com inépcia).
Uma conclusão pode desde já tirar-se: Com o o sacristão não íamos lá e jogaríamos os noventa minutos com o credo na boca e a santa no bolso (dele)...
Assim e a espaços, conseguimos algum controlo no jogo após o golo e na segunda-parte nem sequer fomos inferiores.
A equipa continua desiquilibrada e a meu ver, ainda há por ali alguns jogadores que são só bons rapazes mas não têm lugar num Benfica Europeu.

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:37:00, Anonymous BENFICA FC

Discordo apenas na eleição do homem do jogo. O Katsouranis fez um grande jogo, mas o Petit, para mim, também fez mais. Esteve em todo o lado e bem.
http://benfica-fc.com/slbenfica/

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:44:00, Anonymous BENFICA FC

Reforço ainda a concordãncia no que respeita ao Miguel Vítor.
O Edcarlos ainda nem assinou e já aprece que está a mais.
http://benfica-fc.com/slbenfica/

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:45:00, Blogger D'Arcy

Escolhi o Katsouranis porque também esteve em todo o lado, acabou por ter mais trabalho dada a quantidade de bolas que os dinamarqueses despejaram para a área, e ainda marcou o golo. E isto tudo estando ele a jogar numa posição que não é a sua posição natural.

 

Data do comentário: 29/08/2007, 23:47:00, Blogger jose

E para o sorteio a minha opiniao seria esta
Preferido
Madrid
Benfica
Steaua
Rosenborg

A evitar
Barca
Benfica
Lazio
Olympiakos

Ja agora, naquele campo, o Adu nao serviria nunca. O puto ate tem tecnica, mas exigia-se hoje tambem forca e visao. Deixem-no comecar a jogar em campos decentes, e depois veremos

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:18:00, Blogger þOL1T!C@M€NT£ [in]CO®r3CTO™

Afinal com Camacho há... milagres!

O espanhol ainda deve estar a tentar perceber como não saiu de Copenhaga goleado...

Mas como não espero que o animador tenha capacidade para perceber tal coisa, eu explico...

O Benfica não sai hoje goleado de Copenhaga porque jogou em superioridade numérica...

E superioridade numérica, porquê? Porque Petit vale por 3 e juntando o seu voluntarismo com a serenidade e inteligência de Rui Costa o Benfica lá foi controlando alguns momentos do jogo... Não sendo, contudo, suficiente para evitar que um Copenhaga banal nos fizesse passar por grandes momentos de aflição...

E valeu sobretudo pelo resultado, porque colectivamente foi medíocre... o Benfica será amanhã uma das equipas mais desejadas do sorteio...!

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:20:00, Anonymous Anónimo

para ke edcarlos o homem ate pode ser bom mas temos luisao .d luiz e zorro ,miguel victor (raça benfikista) vao desperdiçar o puto para meter mais um brasileiro é uma pena nao haver gente com keda para gerir o futebol na dirrecçao so ceguetas.

o di maria bem trabalhado pode dar cartas mas o coentrao tambem tem potencial a ke os trabalhar em varios aspectos tactica psicologica e fisicamente e sao putos com enorme futuro.
mas o miguel victor precisava de ficar nos seniores ou rodar para o ano numa ekipa da primeira divisao ke joga desta maneira 2 jogos nos seniores so pode ser crake nao esbanjem como no passado

norte vermelho

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:24:00, Blogger playmaker_coimbra

concordo com a crónica, gostei do nuno gomes e até tinha vaticinadoque ele iria assistir o cardozo num golo, foi o katsouranis, também serve.

o adu tem de entrar num jogo que esteja resolvido, para se ir ambientando.

o Benfica só pode melhorar no futuro.

equipas italianas... NÃO:

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:31:00, Blogger bomdebola

Petit foi o maior de uma equipa guerreira que contou com cinco ou seis exibições de excelente nível. Katsouranis foi dos melhores mas é demasiado faltoso. Prefiro vê-lo ao lado de Petit.

MFQ

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:41:00, Blogger karadas

Há que dizê-lo frontalmente: tivemos muita sorte ao apurarmo-nos para a fase de grupos da Liga dos Campeões. No cômputo das duas mãos os dinamarqueses foram claramente superiores só que, desta vez, nós tivemos a fortuna que nos tem faltado noutras ocasiões. Os dinamarqueses bem podiam ter ficado ali toda a noite que estava escrito que esta noite a bola não entrava (fez-me lembrar o Benfica–Boavista da época passada).
Não conseguindo esconder alguma falta de inspiração os jogadores encarnados foram, por outro lado, inexcedíveis na entrega ao jogo. Houve muita determinação, muita vontade, muita solidariedade o que demonstra que todos eles perceberam a importância do que estava em jogo. Neste particular já se notam, sem dúvida, diferenças relativamente ao reinado de Fernando Santos. Salta à vista que o espanhol tem uma capacidade de motivar os jogadores que o engenheiro definitivamente não tem.
Agora falta o essencial que é pôr a equipa a praticar bom futebol. E para que isso aconteça, não basta o dedo do treinador. É preciso que os jogadores tenham qualidade suficiente para poderem jogar o futebol que todos os benfiquistas desejam. E neste aspecto é que a porca torce o rabo. Penso que o plantel precisa urgentemente de se reforçar com um médio centro (Rui Costa não chega) e com um ponta de lança que marque golos. Faltam dois dias para o fecho das inscrições e, ao que parece, o Benfica apenas está no mercado por um avançado. Mesmo que ele venha não é suficiente. Di Maria (que hoje deu boas indicações), Maximiliano e Rodriguez não são jogadores para fazerem essas posições pelo que, a não ser contratado mais ninguém, vamos ter muitos dissabores ao longo desta época. É importante que não se caia no erro de pensar que pelo facto de termos eliminado os dinamarqueses tudo está bem. É óbvio que não está e o próprio Camacho sabe disso. Só falta LFV cumprir a sua função.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 00:58:00, Anonymous moonwater

1º- Estou de acordo com a opinião sobre o Di Maria. Acho que há ali muito muito talento.

2º- Não achei que o Nélson tivesse estado tão bem no jogo como é referido. Gostei mais do Luis Filipe como lateral. Não dá ofertas como o Nélson.

3º- Sem saber o valor dos uruguaios, penso que seria fundamental contratar um jogador com talento para jogar pelo lado direito do ataque em vez de outro avançado.

4º- É de salientar a aposta nos dois miudos (Miguel Vitor e Romeu Ribeiro). Obrigado Camacho por dares valor à nossa formação. O Romeu Ribeiro, que entrou nos ultimos dois jogos como suplente, já jogou mais do que o João Coimbra o campeonato passado com o Santolas.

5º- Reparem que já se vê grande influencia do Camacho no grupo de trabalho. O livre estudado em que resultou o nosso golo. E, acima de tudo, o nosso estilo de jogo já é bem diferente: agora quando temos a posse de bola a equipa corre e joga em direcção da baliza adversária. Com o Santola a nossa posse de bola passava, maioritariamente, por passes para trás e para os lados.

6º- Só o 5º ponto já me deixa bastante satisfeito com o trabalho que está a ser desenvolvido e acredito claramente que ainda vamos muito a tempo para uma grande época.

7º- Para mim o grupo ideal passa por: Barcelona (cabeça de série por cabeça de série que seja a equipa que tem Ronaldinho, Messi, Henry e Eto'o), Benfica, Steaua Bucareste e Slávia Praga.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 01:12:00, Blogger þOL1T!C@M€NT£ [in]CO®r3CTO™

E, acima de tudo, o nosso estilo de jogo já é bem diferente...


Sem dúvida... a qualidade é que é a mesma!

 

Data do comentário: 30/08/2007, 02:50:00, Anonymous moonwater

Pessoal, duas frases para rir:

"E valeu sobretudo pelo resultado, porque colectivamente foi medíocre... o Benfica será amanhã uma das equipas mais desejadas do sorteio...!" - politicamente (in)correcto
eheheheheheheheh

"Sem dúvida... a qualidade é que é a mesma!" - politicaqmente (in)correcto
eheheheheheheheh

Portanto, para ti, o Léo (internacional brasileiro) não tem qualidade, o Katsouranis (internacional grego e campeão da Europa) não tem qualidade, o Di Maria (internacional argentino sub-20 e actual campeão do mundo na categoria) não tem qualidade, o Cardozo (internacional paraguaio) não tem qualidade, o miúdo Miguel Vitor (internacional português sub-20) não tem qualidade, o Nuno Gomes (internacional português, vice-campeão da Europa e 4º classificado no último campeonato do mundo) não tem qualidade, o Quim (internacional português, vice-campeão da Europa e 4º classificado no último campeonato do mundo) não tem qualidade... e ainda temos o Luisão, o David Luiz, o Moreira, o Coentrão, o Freddy Adu...

A tua capacidade para perceber de bola é mesmo muito boa... boa... boazinha... normal... fraca... fraquinha... pronto, é mesmo péssima!!!!

Saudações Benfiquistas

 

Data do comentário: 30/08/2007, 03:06:00, Blogger þOL1T!C@M€NT£ [in]CO®r3CTO™

Quando falo de qualidade... falo da qualidade de jogo colectivo e não da qualidade individual de jogadores...

Mas, por certo, devido a minha pouca capacidade perceptiva de bola, concentro-me mais no jogo da equipa do que na qualidade individual dos jogadores... e provavelmente também porque sempre fui ouvindo que o futebol é um jogo colectivo...

 

Data do comentário: 30/08/2007, 09:06:00, Blogger Leão Eça Cana

eramos uma equipa amorfa, lenta, previsível, confusa e despersonalizada. ontem já deixámos o "amorfa", o "con" (ainda somos um pouco "fusa") e o "previsível" no balneário. a personalidade já nasceu, há que alimentá-la bem e há que cansar o "lenta".

não me falem em falta de qualidade. ela está lá, a qualidade. só lhe falta umas pernas com força e uns pulmões do tamanho da determinação

NR: haverá vitória mais gostosa que esta a uns tipos cujo embelema é um leão azul? só faltou que os gajos equipassem às riscas, uma azul outra verde ;)

 

Data do comentário: 30/08/2007, 09:42:00, Blogger HERMIONE

Foi um jogo sofrido onde o Miguel Vitor mostrou valor merecia sem dúvida o lugar de quarto central para esta época.
Agora é preciso é tempo para o Camacho integrar os uruguaios e recuperar os lesionados .
Gruppo preferido: Milan; Marselha ; Slavia de Praga

 

Data do comentário: 30/08/2007, 09:47:00, Blogger Miga

Concordo que tivémos dificuldades e sorte em vários momentos do jogo, mas não é menos verdade que podíamos ter marcado o 2º golo e arrumado definitivamente com o jogo mais cedo, nomeadamente em dois ou três lances em que o Di Maria podia ter passado ao Cardozo. Ainda, naquele livre ganho pelo Di Maria, frontal, que o nosso maestro quis marcar, quando já estava a pensar no primeiro golo oficial do Cardozo...

Quanto às hipóteses do sorteio gostava que saísse do Pote 1, o Inter. Não me parece tão forte como equipa como as outras (e, para além disso, tentávamos vingarmo-nos da eliminação de há três anos, com o Camacho no comando). Do pote 3, o Steua, e do 4, o Slavia Praga.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 10:23:00, Blogger dezazucr

Para além da qualificação, o jogo valeu pelo regresso às vitórias. Pode ser um dinâmo importante de moral, dado que a equipa em termos de confiança estava em baixo.

Espero que esta nova moral nos permita ganhar na Madeira. Depois temos 2 semanas para integrar os novos jogadores antes do próximo jogo da Luz. Finalmente as paragens são benéficas para nós.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 10:48:00, Anonymous Anónimo

o ano passado empatamos lá. com o simão, micolli, etc.. e agora fomos lá ganhar.

será que a ambição conta mais que jogadores de grande capacidade tecnica?

sinceramente acho que pelo esforço e pelo espirito de entre ajuda demonstrada por toda a equipa, a melhor coisa que tiramos do jogo (sem ser o resultado que era obrigatório) foi a união que me parecia estar muito fraca naquele balneário.

espero ver o meu benfica a jogar como equipa e a conhecer as fragilidades que tem (e são muitas) e a usa-las a nosso favor com o espito de união e entrega. claro que se tivermos 5 jogadores muito bons aliados a uns médios/fracos (que temos muito lá) ainda sou capaz de ser feliz este ano...

falta trabalho e 3 jogadores (avançado, ala direito, e box to box)

red cock

 

Data do comentário: 30/08/2007, 11:55:00, Blogger Hugo

Se fosse com o Nandinho das missas a esta hora já estávamos borda fora.Tínhamos entrado com medo e com medo ficávamos o jogo todo.
O Camacho não é nenhum Salvador da Pátria,mas com ele trabalha-se,vejam o livre (trabalhinho de laboratório).
Com a entrada na fase de grupos a indemnização paga ao Nandinho e ao adjunto já está amortizada.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 12:02:00, Anonymous moonwater

"E valeu sobretudo pelo resultado, porque colectivamente foi medíocre... o Benfica será amanhã uma das equipas mais desejadas do sorteio...!" - politicamente (in)correcto

"Sem dúvida... a qualidade é que é a mesma!" - politicamente (in)correcto

"Quando falo de qualidade... falo da qualidade de jogo colectivo e não da qualidade individual de jogadores..." - politicamente (in)correcto

"Mas, por certo, devido a minha pouca capacidade perceptiva de bola, concentro-me mais no jogo da equipa do que na qualidade individual dos jogadores... e provavelmente também porque sempre fui ouvindo que o futebol é um jogo colectivo..." - politicamente (in)correcto

Totalmente confirmarda a minha opinião anterior: "A tua capacidade para perceber de bola é mesmo muito boa... boa... boazinha... normal... fraca... fraquinha... pronto, é mesmo péssima!!!!"

Ontem, o jogo colectivo da equipa foi bastante superior ao anteriormente demonstrado... foi claramente um jogo de equipa, com grande espirito de entreajuda e capacidade de entrega, ou seja, houve qualidade de jogo colectivo.

Saudações Benfiquistas

 

Data do comentário: 30/08/2007, 12:15:00, Blogger Artur Hermenegildo

Uma palavra para o Copenhaga. Gostei da equipa, mostrou muito mais do que no ano passado, não só é muito forte no jogo aéreo como também sabe jogar pelo chão, em tabelas e com progressão, como no lance do (não) penálti. Os jogadores conhecem exactamente os terrenos que pisam e sobretudo os terrenos que pisam os companheiros, o que lhes permite trocar a bola rapidamente e "de olhos fechados", mesmo não possuindo jogadores de grande técnica. E gostei muito do Hutchinson, outra vez.
Equipas piores estarão com certeza este ano na Champions.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 13:26:00, Blogger Ricardo Batista

Não há dúvida que o Benfica de Camacho têm alma e sabe sofrer. A qualidade de jogo ainda deixa muito a desejar, mas isso é perfeitamente normal. Com as dificuldades que se avizinham, penso que só em Dezembro teremos a equipa verdadeiramente a seu gosto, mas já deu provas que vai melhorar muito até lá.
Quanto ao jogo, tenho que destacar o gigante Petit. De muito longe o melhor jogador em campo. Compensou as subidas dos laterais, ajudou os centrais e ajudava na transição. Igualmente em bom nível estiveram Miguel Vitor, Rui Costa, Nuno Gomes, Nuno Assis e Quim, em particular o miúdo, que muitas vezes foi suprimir as "fugas" do Katso para a zona do trinco, como foi o caso do lance do suposto penalty, em que o Katsouranis simplesmente desapareceu daquela zona.

Agora que venha a fase de grupos.

Ahhhh, ó Edcarlos queres ir rodar para o Estrela da Amadora?

Saudações benfiquistas!

 

Data do comentário: 30/08/2007, 14:20:00, Blogger madne0

politicamente incorrecto: Olha toma lá esta, directamente de um "jornaleco" chamado Marca

"Los grandes peligros
A sí las cosas, y echando un vistazo al segundo bombo, la Roma de Francesco Totti -flamante Bota de Oro europeo con sus 26 goles en la Serie A la pasada temporada- y el Benfica de José Antonio Camacho, flamante nuevo técnico ‘encarnado’, aparecen como los grandes peligros para madridistas y azulgranas."

http://www.marca.com/edicion/marca/futbol/champions/es/desarrollo/1030220.html

 

Data do comentário: 30/08/2007, 15:32:00, Blogger el niño rosso

Eu que não tenho gostado muito dos últimos jogos do Rui ontem acho que foi o melhor em campo. Bons passes e desmarcações, fintou sem se agarrar demasiado à bola, calmo e sereno que era o que se exigia num batatal. Tirando o Luis Filipe da 1 parte, a equipa foi enorme, enorme. Mereceu a sorte que conquistou. Como Camacho.

 

Data do comentário: 30/08/2007, 16:32:00, Blogger MAD*MAX

D'Arcy, concordo c/a analise d'jogo... tanto ke o link ao post vai passar a constar no Benfica-forum!
Embora eu eleja o Petit como homem d'jogo.

Saudações desportivas
SLB 4EVER