Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

quarta-feira, abril 11, 2007
As mãos que acenam lenços enxugam lágrimas.
A questão é antiga: até onde pode ir o adepto/sócio no protesto para com o desempenho do seu clube?

Será que o papel do adepto é apenas aplaudir a sua equipa e, quando muito, vaiar árbitros e adversários?

Confesso que não vaio a equipa de futebol do meu clube, nem nenhum futebolista que a componha. Confesso que, esta época, já mostrei lenços brancos ao treinador principal do meu clube. É uma situação que deixa sempre um amargo de boca em quem os vê e, garanto, em quem os mostra. Não é fácil protestar contra quem tem a responsabilidade de liderar tecnicamente o clube pelo qual sofremos. Acaba por ser o reconhecimento do falhanço.

O actual treinador do Benfica tem a seu favor o seu benfiquismo. Pouco mais. Surgiu como um nome menor, perante as ilusões que a comunicação social vendeu aos adeptos: Camacho e Erikson. Surgiu com o anátema de ter perdido um campeonato quando teve o Jardel a marcar umas boas dezenas de golos. Surgiu com o estigma de ter uma ligação fraternal com o presidente do FC Porto. Surgiu com uma equipa técnica que não convence: tirando o Chalana, F. Santos trouxe consigo o inseparável Rosário, o Justino (que, pelo que me dizem, não servia para treinador dos guarda-redes dos seniores do Sporting de Paulo Bento, mas serve para treinador de guarda-redes dos seniores do Benfica de F. Santos) e um jovem promissor preparador físico com uma experiência reduzida na Primeira Divisão do futebol luso. Em suma, F. Santos surgiu no momento errado, com a companhia errada. Isto foi o que sentiu o comum dos adeptos benfiquistas, com excepções.

A época começou mal. Perdemos nos jogos de pré-temporada e perdemos por muitos. F. Santos começou, aí, a perder o benefício da dúvida. A época continuou mal e viram-se os primeiros lenços brancos na Luz. A Direcção protestou. A Direcção apoiou o Treinador. A Direcção deu a entender que os adeptos servem para comprar kits, pagar quotizações, comprar bilhetes de época, apoiar a equipa de futebol do Clube, mas não servem para mostrar lenços brancos. A Direcção fez o papel que dela se esperava na defesa do treinador, mas excedeu-se na crítica aos adeptos que mostraram os lenços brancos. Há duas formas de protestar: mostrar os ditos lenços ou abdicar de ir ao Estádio. A primeira parece causar menos danos do que a segunda.

Entretanto, os resultados foram aparecendo. Os lenços e as vaias pararam, o apoio regressou. A emotividade / irracionalidade do adepto funciona assim: em função do resultado.

Nesta fase da época, os resultados têm sido pouco famosos: nos últimos três jogos tivemos dois empates (FC Porto e Beira-Mar) e uma derrota (Espanhol). Os adeptos começam a duvidar de que seja possível vencer o Campeonato, e a Taça UEFA é uma possibilidade… remota.

Este é o momento mais importante da época, tudo se define. O sucesso ou insucesso é decidido no imediato. Todos esperamos o sucesso: somos benfiquistas e não nos podemos contentar com a mediocridade de ser segundo.

Assim, espero o melhor e temo o pior.

Amanhã, como sempre ao longo desta época e da anterior e da anterior à anterior, lá estarei no Estádio, no nosso Estádio, para apoiar a equipa e celebrar mais uma vitória. Caso assim não suceda, todos sabemos para quem se voltará o implacável dedo acusador. Caso a vitória não surja, surgirão, não duvidemos, os lenços brancos. A Direcção virá em socorro do treinador e acusará os adeptos de mau benfiquismo. Convém, se assim for, que ninguém se esqueça de um pormenor:

As mãos que acenam lenços enxugam lágrimas.

 
por Pedro F.Ferreira - 14:06 | link |


10 comentário(s):


Data do comentário: 11/04/2007, 16:28:00, Blogger J G

Bom blogue.

:)

 

Data do comentário: 11/04/2007, 17:21:00, Anonymous Ubualdo Chóriça

Para além do seu benfiquismo, o único outro ponto que abona a favor do abominável s. bernardo é o facto de a ele devermos, em 1.ª linha, a contratação do Katsouranis. O resto é para esquecer.
Concordo inteiramente com aqueles que afirmam que, se alguma coisa de jeito o SLB ganhar esta época (o torneio do dubai não entra nas minhas contas)será "apesar" do Fernando Santos.

 

Data do comentário: 11/04/2007, 22:00:00, Anonymous Johnny Rook

"As mãos que acenam lenços enxugam lágrimas".

Que grande frase! É de ir às lágrimas!

 

Data do comentário: 11/04/2007, 22:43:00, Blogger Superman Torras

Antes de escrever o que quer que seja faço um ponto prévio para dizer que eu não sou daqueles que vão para o estádio assobiar a equipa. Ou, esclarecendo, para assobiar ponto final.

Não o faço porque em primeiro lugar não sei assobiar. Ou melhor, quando o faço o som que os meus lábios reproduzem é um "fiuu" muito sumido e que a ser efectuado em pleno estádio provavelmente mereceria dos 5 ou 6 adeptos que me rodeiam e que ouvissem o tal efeito sonoro um riso de escárnio o que não interessaria a ninguém. Sobretudo a mim.

Portanto, e para finalizar, eu não sou dos que assobiam no estádio. Por mim podem os dirigentes ficar à vontade nesse aspecto. Aliás, agora é que vem aí a finalização, também não sou dos que levam lenços brancos no bolso das calças (ou noutra peça qualquer de vestuário).

O que não admito é que me digam o que devo ou não fazer, como me devo ou não comportar, quando estou naquela que considero a minha casa (partilhada com milhares de correlegionários mas nem por isso menos minha), desde que não esteja a violar alguma lei ou que objectivamente esteja a prejudicar o Benfica com o meu comportamento.

Peço desculpa por inserir um parágrafo que já escrevi no blogue do D'arcy, quando a conversa também havia derivado para este assunto, mas penso que se ajusta perfeitamente ao que o Pedro acabou por escrever:

"Qualquer dia mais vale colocarem uns figurantes em vez de adeptos no estádio, e no relvado, em vez do speaker, coloca-se um daqueles empregados que todo o estúdio televisivo tem e que servem para apresentar os placards a dizer aos figurantes se devem rir, aplaudir, incentivar, ou outra coisa que o valha."

 

Data do comentário: 11/04/2007, 23:20:00, Blogger Pedro F.F.

Superman Torras, sobre isso já falámos várias vezes e sabes que, ainda que de forma mais "moderada", concordo contigo. Mas, ao ler o teu comentário, lembrei-me de um tópico interessante para a discussão: a gritaria dos 'speakers' nos estádios portugueses. :)

 

Data do comentário: 13/04/2007, 13:51:00, Anonymous Anónimo

Perfeitamente delicioso este texto.
Muito bem escrito e uma metafora que diz muito, quase tudo.
Assim e que se "fala"

 

Data do comentário: 16/04/2007, 00:46:00, Anonymous pinilla

Eu gosto é da foto! Deve ser bonito para um benfiquista, mas para mim, não´apenas por ser sportinguista, faz-me rir. xD Um abraço, Ferreira!

 

Data do comentário: 16/04/2007, 17:12:00, Anonymous mario_coluna

!!!!!!!!!!
lol, quem é o Anormal do Boné MEMO À BENFICA???!...e quem é o outro, mais po maluco q propriamente anormal, que põe mais uma vez esta fotografia em mais um site (muito bom) da net?
Ò não.
Estou-me para aqui a por com pulgas, mas é na cá no fundo, cá no fundo, um grande Orgulho o fenómeno desta fotografia.
...Que Benfiquista, meu Deus...!

 

Data do comentário: 16/04/2007, 17:19:00, Anonymous mario_coluna

1 apontamento:
EU ESTAVA pela primeira e única vez (até agora) a chorar pelo Benfica, (um dos choros mais sinceros e sentidos que já chorei). Naquele momento, senti-me verdadeiramente, e ao meu Benfica. Foi realmente lindo.
É um privilégio enorme te-lo registado numa fotografia.
ESTOU A FALAR MUITO A SÉRIO.
...mesmo.

 

Data do comentário: 16/04/2007, 17:26:00, Anonymous pinilla

xD