Este blog mudou de endereço e agora está em http://tertuliabenfiquista.blogs.sapo.pt.

terça-feira, abril 10, 2007
Do Guilherme Aguiar até à língua de fora do Nani.
Detesto quando o Benfica não ganha. Dou comigo a dizer “não ganhei”. Reformulo: detesto quando não venço.

Ontem, o Benfica não ganhou. Sempre que as coisas correm mal, vou ver o programa da SIC, o "Dia Seguinte". Ontem não esteve lá o representante do adepto benfiquista, Fernando Seara. Não vi o dito programa desde o início, não sei o que levou a tal ausência. Na ausência do Fernando Seara, os outros dois atiraram-se ao Benfica, obviamente. Aquilo foi fartar vilanagem. O penálti sobre o Simão foi acentuado. O golo mal anulado ao Nuno Gomes, com quarenta segundos de jogo, foi ignorado. Obviamente. Nos primeiros dez minutos de jogo, um tal de Luís Salgado (fiscal de linha ou bandeirinha, em suma um individuo que ganha a vida de calções a levantar um pau e a roubar o Benfica) anulou um golo, anulou uma jogada de golo iminente e anulou uma jogada de ataque perigosíssima. Estamos conversados. Claro que, sobre este assunto, ontem ninguém conversou. Não convinha.

O sr. Aguiar lá voltou a falar do pretenso fora-de-jogo que deu a cabeçada para o empate do Benfica quando, na passada jornada, recebemos os do FCPorto. Lá se queixou da arbitragem desse jogo (como se o fedelho do gel, o tal de Proença algum dia nos beneficiasse). Lá fez o exercício de ‘autofelação’ quando, pela enésima vez, louvou o seu próprio desempenho enquanto antigo dirigente da Liga. Queixou-se da pressão que os outros exercem sobre a arbitragem, pressionando, ele próprio, a arbitragem.

Numa coisa ele tem razão, a opinião publicada é, cada vez mais, uma arma de arremesso dos clubes. Veja-se, a propósito, o que surge na capa do pasquim do Oliveira no dia de hoje. Ao penálti sobre o Simão, chamam fantasma, ao golo anulado aos quarenta segundos chamam… nada.

Mas que mais se poderia esperar de um pasquim que titula na primeira página a pérola "Nani é um perigo quando põe a língua de lado" e escrevem pérolas de jornalismo como esta?:

O jovem camisola 18 destaca-se pela forma habilidosa como trata a bola e, sempre que a tem em seu poder, exibe uma marca de concentração, torcendo a língua para o lado direito da boca. (link)

 
por Anátema Device - 13:05 | link |


3 comentário(s):


Data do comentário: 10/04/2007, 19:12:00, Blogger Superman Torras

Gabo-te a pachorra para assistir a esse programa.

O meu remédio santo ontem foi ter o episódio de há 2 semanas do Gato Fedorento para ver, pelo que deu para me fazer esquecer um pouco o que tinha sucedido na hora e meia anterior.

 

Data do comentário: 11/04/2007, 01:04:00, Blogger anastercio

Hummmmmmmm

Havia um jogador do Benfica que punha a lingua de lado....mas de l]a nunca saia nada....e por acaso também se chamava Aguiar mas era Fernando.

Quanto ao jogo de Aveiro, acho que houve duas coisas incriveis e tristes.

A primeira foi anular um golo limpo ao Benfica aos 40 segundos.

E a segunda foi anular um feito inedito e nunca visto nos campos de futebol, um golo ao Nuno Gomes logo na primeira oportunidade que ele dispoem. É que o Nuno Gomes marcar um golo já é um grande feito, então na primeira oportunidade, um milagre.

Mas o fiscal de linha ou por ser conservador e não gostar de modernice ou por ser ateu e não gostar de milagres resolveu anular um golo do Nuno Gomes na primeira oportunidade que ele dispos

 

Data do comentário: 11/04/2007, 16:39:00, Blogger Jose

Acerca dessa matéria,desse jornal?!...aproveito uma rubrica do EURONEWS...No Comments...